text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

UniSuam vence PUC no masculino

      
A UniSuam venceu a PUC na final da seletiva estadual para as Olimpíadas Universitárias de basquete masculino, por 42 a 28, na última quinta-feira, dia 8, fora de casa, e conquistou a vaga do estado para as Olimpíadas Universitárias. Com o título, os rapazes de Bonsucesso, atuais campeões estaduais, vão representar o estado do Rio de Janeiro na competição nacional, que será disputada na capital federal, Brasília, no mês de julho.

A equipe da UniSuam terminou a competição de forma invicta, mostrando toda a sua superioridade e não dando chances para os seus adversários durante o torneio. Segundo Antônio Carlos Bernardes, treinador do time classificado, o título da seletiva premia os atletas, que se dedicaram para conquistar os resultados durante os mais de dois meses de disputa.

"Eles se conscientizaram da importância de fazer um bom papel neste torneio e se classificar com calma para as Olimpíadas Universitárias. Trabalhamos forte durante a competição e merecemos esse resultado e esta bela campanha", completou Bernardes, que destacou o alto nível técnico dos atletas que jogaram a seletiva estadual.

O técnico lembrou, porém, que alguns ajustes deverão ser feitos para que a equipe faça um bom papel no torneio em Brasília. "Vamos tentar focar na competição e melhorar um ou outro aspecto do treinamento, para chegar com força total na competição nacional. O equilíbrio vai ser grande e vamos entrar confiantes em realizar uma boa participação".

De acordo com Nilson José, armador da UniSuam e um dos destaques da equipe na campanha, a equipe jogou muito bem a final e soube controlar o nervosismo. "Respeitamos a equipe da PUC durante a primeira etapa e o jogo ficou equilibrado. No segundo tempo, tivemos mais paciência e abrimos uma boa vantagem. A partir daí, o título foi conquistado com tranqüilidade", analisa o atleta.

Nilson sabe que as olimpíadas vão reunir grandes equipes, mas acredita no potencial de seu time. "São Paulo e Paraná vão sempre muito fortes na modalidade, mas o Rio de Janeiro não deve nada para essas equipes. Estamos treinando três vezes por semana e, com certeza, estaremos fortes e preparados fisicamente", garantiu o treinador.
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.