text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

UFMG: Homenagem a Clóvis Salgado na Medicina

      
Ex-diretor da Faculdade de Medicina (73-76) e do Hospital das Clínicas da UFMG (1944), o ginecologista Clóvis Salgado da Gama completaria 100 anos em 2006.

Para comemorar esta data histórica e exaltar a memória de suas personalidades, no próximo dia 3 de julho, das 10h30 às 12 horas, a Faculdade de Medicina promove solenidade, em conjunto com a Academia Mineira de Medicina e com o Instituto Mineiro de História da Medicina, que reunirá autoridades de expressão nas três grandes áreas de atuação do catedrático: ciência, arte e política.

Dentre os que já confirmaram presença o presidente da Academia Mineira de Letras, prefeito de Minas Novas, sua cidade natal, e que já ocupou os cargos de deputado, senador e ministro Murilo Paulino Badaró, que falará sobre Clóvis Salgado: o amigo e político. O presidente da Cruz Vermelha Brasileira em Minas Gerais, Delzio de Moura Bicalho, falará sobre sua convivência com o professor e médico homenageado. Participam também a família do homenageado, autoridades universitárias e estudantes.

O evento foi organizado pela Associação do Professor Sênior da unidade, com o apoio do Centro de Memória, Diretoria e Assessoria de Comunicação.

A entrada é aberta ao público.

Breve currículo

Nascido em Leopoldina, na Zona da Mata, em 20 de janeiro de 1906, Bacharelou-se em Medicina em 1929, mas o catedrático teve sua trajetória profissional traçada pelos caminhos da arte, política e ciência. Clóvis Salgado se formou pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, mas retornou a Minas Gerais quando disputou concurso para professor-assistente na Faculdade de Medicina da UFMG.

Em 1937, assumiu a vaga que pertencera ao primeiro ginecologista de Minas, professor Hugo Werneck. Logo depois, em 1939, funda o Hospital de Ginecologia (hoje Ambulatório Bias Fortes, do Hospital das Clínicas da UFMG). Mais tarde, em 42, organiza a Cruz Vermelha no Estado (criada em 1914) e implanta o Programa Bem-Estar da Família, um dos primeiros serviços de saúde da família do País.

Em 1955, quando era Vice-Governador de Minas, tendo Juscelino Kubitschek decidido concorrer à presidência da República, ocupou o cargo de Governador do Estado. Neste período se destacou pela atenção especial à educação e à saúde, promovendo a criação do Departamento de Saúde Pública e do Departamento Social do Menor. Foi um dos fundadores da Universidade Mineira de Arte (FUMA), hoje incorporada pela e presidente da Cultura Artística de Minas. Em 1957, com Juscelino na presidência, foi ministro da Educação e Cultura.

Em outubro de 1960 voltou a ser eleito vice-governador de Minas Gerais. No mesmo mês, retornou ao Ministério da Educação e Cultura, cargo que ocupou até o final do governo Kubitschek, em 1961. Clóvis Salgado foi Secretário de Saúde de Minas Gerais entre 67 e 71.

Faleceu em Belo Horizonte, no dia 25 de julho de 1978.

Fonte: UFMG
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.