text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Semana debate Teatro e Literatura na UNESP/Araraquara

      
Os dias 19, 20 e 21/06 foram mais do que proveitosos para os apreciadores de artes cênicas e literatura da Faculdade de Ciências e Letras (FCL), UNESP, campus de Araraquara. Neste período ocorreu a V Semana de Estudos Teatrais, organizada pelo Departamento de Literatura e Departamento de Letras Modernas da FCL.

Em seu quinto ano, este evento que reúne estudiosos de teatro, privilegiou os autores modernos e contemporâneos. Segundo a professora Renata Junqueira, coordenadora do evento, a proposta do tema surgiu da coincidência de comemorações relevantes para o teatro moderno que se realizam neste ano.

"Em 2006, comemoramos 110 anos da publicação de Gaivota, de Tchékhov, lembramos o 1º Centenário da morte de Ibsen, o Cinqüentenário da morte de Brecht, 70 anos da morte de Pirandello, 80 anos de Dario Fo" resumiu a professora. Por isso, a semana foi intitulada "Grandes Mestres do Teatro Moderno e Contemporâneo: Homenagens".

Durante a semana os interessados puderam participar de Sessões de Comunicação, onde pesquisadores expuseram e debateram seus trabalhos, de acordo com os temas propostos: "Teatro e História", "Teatro Moderno: grandes precursores" "Teatro Moderno em Portugal" e "Teatro e ideologia"

Especialistas em grandes autores também foram convidados a palestrarem no evento. A teórica e diretora de teatro Neyde Veneziano, docente da UNICAMP, proferiu a palestra "Fo e Pirandello: teatro com ou sem máscara?". Também a pesquisadora e ensaísta Elena Vassina, da Faculdade de Filosofia Letras, Ciências e História (FFLCH), USP apresentou seu trabalho sobre o autor russo Tchekhov, na palestra "Gaivota, de Tchekhov: nascimento do novo sistema dramático e teatral". Por fim, o pesquisador Jorge Almeida, também da USP, completou o ciclo de palestras com o tema: "Um dia a casa cai: Peter Sznonzi e o teatro da Republica de Weimar".

Três mesas redondas aqueceram o debate sobre os temas "Grandes Mestres do Teatro Moderno", "Teatro e outras Artes" e "Teatro e Subjetividade", proporcionando ao evento o caráter proposto por seus organizadores, qual seja, reunir grandes conhecedores de teatro e literatura para trocarem opiniões. Completaram o evento duas encenações teatrais, "Mutações" com direção de Álvaro Filho, do Núcleo de Artes Cênicas do SESI/Araraquara, e "O Urso" de Tchekhov, dirigida por Raquel Prado.

Para as professoras Maria Gloria Cusumano Mazzi e Renata Soares Junqueira, organizadoras do evento, sua proposta foi concretizada. "Nosso objetivo era debater o teatro como literatura e espetáculo, proporcionando aos presentes a oportunidade de conhecer ou aprofundar seus conhecimentos nos maiores autores modernos desta arte, o que acho que acabou acontecendo" relatou a Junqueira.

Voltado para todos os alunos da FCL, o evento contou com presença maciça, especialmente de alunos do curso de Letras desta faculdade. Para a aluna Nádia T. Nicolin, este interesse se explica pelo fato de o teatro fazer parte da grade do curso de letras, e, portanto já estar inserido no cotidiano de estudos destes alunos.

"Em nosso curso somos apresentados à maioria dos autores do teatro nacional, neste evento estamos tendo a oportunidade de tomar contado com alguns dos autores estrangeiros que mais influenciaram nossos compatriotas" explicou Nádia, para a qual o evento atingiu suas expectativas.

Fonte:UNESP
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.