text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Professora de Jornalismo da Unicap apresentará projetos no 2º Fórum de Mídia Livre

      

A professora do curso de Jornalismo da Católica Ana Maria Veloso será conferencista no 2o Fórum de Mídia Livre, que acontecerá entre os dias 4 e 6 de dezembro, na Universidade Federal do Espírito Santo. De 14 a 17, ela participará da 1a Conferência Nacional de Comunicação, em Brasília, no Distrito Federal.

No Fórum de Mídia Livre, Ana Veloso participará da mesa-redonda ?Midialivrismo e o Direito Humano à Comunicação?, que será realizada no dia 5 de dezembro, das 9h30 às 12h30, junto aos jornalistas Antonio Biondi, do Coletivo Intervozes, e Edgar Rebouças, da Universidade Federal do Espírito Santo, e Evandro Ouriques, da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Ana Veloso apresentará o trabalho que desenvolve no programa Rádio Mulher e no projeto Cidadania Feminina.

Segundo a professora, a realização de um evento nacional voltado para a discussão da mídia livre é de grande relevância para a sociedade. ?O Fórum é muito importante, porque estamos em um momento de debate sobre a democratização da comunicação no Brasil, às portas da 1a Conferência Nacional de Comunicação. Essa discussão quanto à mídia democrática, comprometida com o interesse público, é fundamental para o país?, avalia. Em relação ao papel da academia no assunto, destaca: ?? importante que nós nos aproximemos de iniciativas de produção independente, para apoiar, estudar e analisar essas manifestações, que podem acrescentar bastante à formação dos estudantes?.

Na 1a Conferência Nacional de Comunicação, entre os dias 14 e 17 de dezembro, Ana Veloso representará as mulheres de Pernambuco, ocupando uma das 64 cadeiras da delegação do estado.

Mais informações:
2o Fórum de Mídia Livre ? www.forumdemidialivre.org
1a Conferência Nacional de Comunicação - www.confecom.com.br/

Cidadania Feminina e Rádio Mulher

Conheça os projetos que serão abordados pela professora Ana Veloso na mesa-redonda ?Midialivrismo e o Direito Humano à Comunicação?, durante o 2o Fórum de Mídia Livre.

O programa Rádio Mulher é transmitido por uma emissora comercial de Palmares e uma comunitária no Cabo de Santo Agostinho. ?No projeto, as mulheres se apropriam de uma mídia livre, para veicular os conteúdos dos movimentos de mulheres do estado?, explica.

O Cidadania Feminina é uma das iniciativas do projeto ?Mídia Advocacy ? uma estratégia política de comunicação feminista?, elaborado pela professora Ana Veloso e pela jornalista Nataly Queiroz. O trabalho surgiu em 2003, quando foi selecionado pelo Programa de Gênero, Reprodução, Ação e Liderança (Gral) da Fundação Carlos Chagas.

De acordo com Ana Veloso, o Mídia Advocacy foi motivado pela necessidade de uma formação política feminista das organizações e integrantes do Fórum de Mulheres de Pernambuco que aliasse, em seu método, conceitos como liderança, feminismo e comunicação. Em junho deste ano, o Mídia Advocacy recebeu o prêmio de Mídia Livre, concedido pelo Ministério da Cultura.

Em concordância com os objetivos de habilitar grupos feministas a lidar com a mídia e promover o aprofundamento teórico em temas como saúde, direitos reprodutivos e sexuais, tem sido desenvolvido o projeto Cidadania Feminina, no Córrego do Euclides, no Recife. ?Estamos qualificando as mulheres para utilizar as mídias sociais da internet e a rádio na comunidade. Elas montaram um site e, agora, estão atualizando-o. Em breve, vão entrar na produção de programas radiofônicos?, esclarece Ana Veloso. A página do grupo é https://cidadaniafeminina.org.br . No Twitter, o endereço é https://twitter.com/cfeminina.

Fonte: Unicap

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.