text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Parede Poética está em exposição na UFPB

      

Depois do Espaço Cultural a nova parada da exposição que reúne 38 nomes da poesia paraibana, o projeto Parede Poética edição 2009, ocorre agora na Biblioteca Central da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). O projeto do Sesc-PB, que pretende difundir e divulgar os nomes da poesia do estado através de exposições itinerantes, fica disponível para os alunos e visitantes até o dia 11 de dezembro. A Biblioteca Central da UFPB, Campus I, funciona de segunda a sexta-feira, das 8h até 21h30, e aos sábado até 12h.

Encontram-se expostos ao público acadêmico as duas edições do ano do "Parede Poética", produzidos em banners que medem 1.80 de altura, este ano ? Cada uma delas reunindo 19 poetas. A exposição entrou em cartaz no dia 27 de novembro e vai até o dia 11 deste mês, no 1º andar da Biblioteca Central, com visitação aberta ao publico.

"? importante ver os trabalhos dos novos artistas regionais expostos e divulgados, pois não temos a cultura de promover nossos talentos, principalmente aqui no estado da Paraíba", ressalta surpreendido com a exposição "Parede Poética", o estudante do curso de Direito, Thiego Batista dos Santos, de 20 anos.

Já para o aluno de Artes Visuais, Roberto Andrade, 29 anos, salienta com nostalgia a carência da promoção dos novos poetas locais "sempre tivemos grandes nomes na literatura brasileira, a exemplo de Augusto dos Anjos, Zé Lins do Rego e José Américo de Almeida, entretanto, esse legado literário no estado atrofiou, acredito que não foi pela falta de talentos, mas pela falta de incentivo e divulgação, por isso o trabalho visto aqui é uma grande oportunidade para esse novos poetas, e por outro lado a gente percebe que há ainda entidades como o Sesc que se preocupa em estimular as expressões artísticas e simbólicas da região".

Destacando a criatividade, Ötala Carneiro, estudante de Psicologia, 23 anos, afirma que "acredito que dessa forma podemos democratizar a poesia e desocultar as pérolas existentes na literária da nossa terra; trata-se de uma exposição audaciosa com uma mistura interessante entre imagem e texto que chama muito a atenção, espero que a galera universitária venha verdadeiramente prestigiar esse trabalho".

Na primeira etapa do projeto constam nomes como Bráulio Tavares, Figueiredo Agra, Edgley Andrade Rocha, Luiz Fernando da Silva, águia Mendes, Antônio Mariano, Sônia Van Dijck, André de Sena, Ricardo Peixoto, Juca Pontes, Jessier Quirino, Elionaldo Varela, Ricardo Anísio, Vitória Lima, Roselis Maria Batista Ralle, Eunice Boreal, Humberto de Almeida, Elinaldo Rodrigues e Andreza Clarinda . A arte é assinada por Carol Morena, com curadoria do poeta e escritor Políbio Alves e coordenação de Chico Noronha.

Já a segunda etapa do projeto foi apresentada durante o festival Aldeia SESC, em outubro, na área de Lazer do SESC Centro de João Pessoa, constam poemas criados por Marcos Tavares, Valberto Cardoso, Edonio Alves, Tavinho Teixeira, Anneles Santiago, Daniel Sampaio, Lenilde Freitas, Abraao da Costa Andrade, Hilbeberto Barbosa Filho, Sergio de Castro Pinto, José Antônio Assunção, Amador Ribeiro Neto, Vanildo Brito, Vamberto spinelli júnior, André Ricardo Aguiar, Linaldo Guedes, José Neumanne Pinto, Bruno Gaudêncio, José Chagas.

A curadoria da segunda etapa do Parede Poética 2009 é do crítico de arte, jornalista e poeta Astier basílio, já trabalho visual com Carol Morena e a coordenação do jornalista Chico Noronha.

O projeto Parede Poética é uma realização do SESC Centro João Pessoa, e existe há 15 anos, com duas edições anuais. Mais informações pelo telefone 83 3208-3158.

Fonte: UFPB

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.