text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Unesp: Coleção destaca pensamento econômico brasileiro

      

Pesquisas acadêmicas inspiraram reflexões de especialistas

A Editora Unesp e as Edições Facamp lançam cinco obras de alguns dos principais economistas brasileiros, todos com capa dura e design da artista gráfica Moema Cavalcanti. De um trabalho clássico escrito por Delfim Neto nos anos 60 às reflexões de Luiz Gonzaga Belluzzo que abarcam os possíveis desdobramentos da atual crise global, os livros trazem a marca de um pensamento questionador forjado em avançadas pesquisas acadêmicas.

Leia as sinopses das cinco obras da coleção:

O capitalismo tardio, de João Manuel Cardoso de Mello (150 páginas, R$ 40) - Referência para os estudos econômicos e históricos desde antes de sua publicação, o livro chega agora à sua 11¦ edição. Cardoso de Mello repensa a História da América Latina a partir da formação e do desenvolvimento do modo de produção capitalista.

Capitalismo tardio e sociabilidade moderna, de João Manuel Cardoso de Mello e Fernando Novais (111 páginas, R$ 35) - Os autores analisam as transformações econômicas e mutações na sociabilidade manifestas na vida cotidiana brasileira de 1950 a 1979. Um percurso do otimismo para a desilusão que abarca as conexões e a diversidade de ritmo nas várias esferas da realidade em movimento.

O problema do café no Brasil, de Antônio Delfim Neto (285 páginas, R$ 50) - Resultado do trabalho de doutorado do ex-ministro da Fazenda, o livro discute a política cafeeira no final dos anos 50. Além de sua importância para a compreensão da história econômica brasileira, constitui uma significativa referência metodológica que promove o virtuoso encontro entre história e teoria econômica.

Os antecedentes da tormenta ? origens da crise global, de Luiz Gonzaga Belluzzo (307 páginas, R$ 58) - Volume que reúne textos escritos pelo professor Belluzzo de 1995 a 2009, com foco nas características e transformações do capitalismo mundial, culminando com as origens e desdobramentos da crise atual.

Os anos de chumbo ? Economia e política internacional no entreguerras, de Frederico Mazzucchelli (429 páginas, R$ 65) - Dez ensaios sobre a economia e a política internacional desde a hegemonia inglesa no século XIX até a II Guerra Mundial. Mazzucchelli examina a fragilidade da estruturação internacional que emergiu após a I Guerra.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Unesp

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.