Notícias

Saiba como melhorar a sua leitura com Lewis Carroll

      
Fonte: Shutterstock
Fonte: Shutterstock

O autor britânico Lewis Carroll, falecido em 1898, é conhecido mundialmente por ter escrito o livro Alice no País das Maravilhas. Entretanto, além de ser escritor, ele também era um estudioso que buscava entender o funcionamento do processo de aprendizado. Em um dos seus trabalhos acadêmicos, How to Learn, ele dá dicas que acredita poder melhorar a experiência dos leitores. Confira:

Leia também:
» Baixe mais de 1500 livros grátis
» Conheça sites de bibliotecas virtuais e faça leituras gratuitamente
» Estudo comprova que leitura modifica a estrutura do cérebro


1 – Comece pelo começo

Para Carroll, a curiosidade pode ser a inimiga de uma boa leitura. Por mais curioso que você esteja para saber o final, não espie o fim do livro. O desenvolvimento completo de uma história na sua imaginação é o que pode tornar a sua experiência de leitura incrível, e você perderá essa oportunidade se souber o final. Por isso, segure a sua curiosidade e aproveite a leitura por inteiro.


2 – Entendimento

Não comece um novo capítulo se você não tiver certeza absoluta de que entendeu todos os acontecimentos do capítulo anterior. Lewis Carroll ainda aconselha que no final de cada capítulo o leitor faça um resumo, mental ou escrito, do que aconteceu com os personagens e em que ponto a história se encontra. Desse jeito, ele poderá memorizar a história do livro e ter uma noção completa do objetivo do autor.


3 – Ler novamente

Caso você tenha lido um trecho e não tenha entendido completamente o que aconteceu, leia até que você consiga imaginar o cenário completamente. Muitas vezes, essa cena pode ser determinante para o andamento da história, e sem entendê-la a sua compreensão sobre o livro será prejudicada.


4 – Converse

Busque por pessoas que tenham feito a mesma leitura e converse com ela sobre as suas impressões. Esse diálogo é importante para fixar a história na memória e ainda desenvolver a sua capacidade de expressão e argumentação.

 



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.