text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

MEC abre edital para apoio a projetos de extensão

      
A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) já está recebendo, até o dia 21 de setembro, propostas de projetos e programas de extensão para participar do Programa de Apoio à Extensão Universitária (ProExt) da Secretaria de Educação Superior do Ministério da Educação (Sesu/MEC). A edição 2004 da ação, lançada na última quarta-feira (25), garante cerca de R$ 4,5 milhões em subsídios para atividades extensionistas das universidades.

O edital, assinado pelo Secretário da Educação Superior do MEC Nelson Maculan, abre uma concorrência entre universidades que desenvolvam projetos de extensão nas áreas de educação de jovens e adultos, capacitação de professores e ações de desenvolvimento social como erradicação do trabalho infantil, combate à fome e atenção ao idoso (ver lista completa abaixo). As atividades selecionadas receberão subsídios que variam entre R$ 100 mil para programas (conjunto de projetos) e R$ 30 mil para projetos (ações isoladas).

PARA PARTICIPAR - Cada instituição pode concorrer com até quatro propostas, sendo duas para programas e outras duas para projetos. As iniciativas da UFPE que quiserem participar devem procurar a Coordenação de Desenvolvimento Social da Pró-Reitoria de Extensão. As propostas aprovadas serão remetidas pela Coordenação para a Sesu, que recebe o material até dia 27. Os resultados serão divulgados pela Secretaria até o dia 14 de outubro. Mais informações sobre o programa estão disponíveis no site www.mec.gov.br/nivemod/educsupe.shtml.

Essa é a segunda edição do Programa, lançado em 2003. No ano passado, dentre as 157 propostas inscritas, 89 ações de 33 universidades receberam o apoio. Os subsídios foram repassados até julho desse ano e a UFPE contou com o financiamento para quatro atividades. Receberam os recursos o Programa de Educação de Jovens e Adultos do Centro de Educação (CE), o Programa de Incentivo ao Desporto Especial do Núcleo de Educação Física, o projeto Saúde Reprodutiva e Sexualidade em Itambé do Núcleo de Saúde Pública e Desenvolvimento Social (Nusp), e o projeto Violência e Maus Tratos do Núcleo de Atenção ao Idoso (Nai).

Fonte: UFPE
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.