text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Projeto da Usp desenvolve exoesqueleto robótico

      
Crédito: Divulgação
Crédito: Divulgação
Na Escola Politécnica (Poli) daUniversidade de São Paulo (USP), pesquisadores realizam estudos para desenvolver exoesqueletos robóticos, estruturas rígidas, feitas geralmente de metal e plástico, projetadas para auxiliar o movimento humano.

 

» Agenda: conheça os eventos promovidos pelas IES
» Curso: confira os cursos de pós-graduação lato sensu e extensão
» Universia Livros: Mais de 200 livros para baixar grátis
» Siga o Universia Brasil no Twitter

 

Uma equipe coordenada pelo professor Arturo Forner-Cordero começou este ano um projeto financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) para desenvolver um exoesqueleto para o braço.

 

Segundo o pesquisador, que lidera o Laboratório de Biomecatrônica do Departamento de Engenharia Mecatrônica e de Sistemas Mecânicos da Poli, os equipamentos serão capazes de amplificar o movimento de pacientes que apresentam alguma contração muscular, mas não conseguem fazer movimentos com o membro.

 

O projeto constitui a primeira fase de uma linha de pesquisa de longo prazo, destinada aos estudos neuromotores auxiliados por exoesqueleto. De acordo com Forner-Cordero, o desafio científico do projeto consiste em determinar e validar uma arquitetura de controle do sistema motor que seja biologicamente plausível.

 

Saiba mais .


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.