Notícias

Pesquisadores da Unicamp desenvolvem macarrão instantâneo com menor teor de gordura

      
Crédito: Divulgação
Crédito: Divulgação
Um macarrão instantâneo elaborado com proteína de soja e amido resistente produzido a partir de um sistema a vácuo foi o resultado do estudo de doutorado defendido na Faculdade de Engenharia de Alimentos da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) por Maria Gabriela Vernaza Leoro, orientada pelo docente Yoon Kil Chang. Sua pesquisa tentou reduzir o teor de gordura desse tipo de macarrão, que passa por um processo de fritura e é, portanto, mais calórico do que o macarrão comum.

 

» Agenda: conheça os eventos promovidos pelas IES
» Universia Livros: Mais de 200 livros para baixar grátis
» Siga o Universia Brasil no Twitter

 

A ideia surgiu por meio de pesquisas realizadas em bases científicas, em que foi constatado que a fritura a vácuo era utilizada para reduzir o teor de gordura em fatias de maçãs, de cenouras e de batata fritas. A pesquisadora aproveitou esse conhecimento para aplicá-lo como uma nova tecnologia no processamento do macarrão instantâneo. A pesquisadora conseguiu reduzir 3% de gordura com a fritura a vácuo, melhorar o perfil de aminoácidos (o teor proteico do macarrão instantâneo) e aumentar o teor de fibra alimentar para 6% no novo macarrão, pela adição da proteína de soja e amido resistente.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.